Arquivo do mês: janeiro 2011

Síndrome da escada após a queda: maratona

E você? Ficou cansado no fim da prova? Responda nos comentários. Anúncios

Publicado em síndrome da escada após a queda | 2 Comentários

Revista Gerson #7

Seja notado em seu escritório! Aprenda novas piadas para entreter seus colegas de trabalho (e, algumas, até o seu chefe!) Não sabe a diferença entre supino reto e inclinado? Relaxe, você não foi o único a ser humilhado na academia. … Continuar lendo

Publicado em revista gerson | 1 Comentário

Dúvidas Corporativas? Dr. Dalmo responde!

Dalmo, as teclas “control”, “c” e “v” do meu teclado estão um pouco falhas. Peço um teclado novo pro chefe ou desisto dessa vida de Atendimento Publicitária? (Tânia, 39 anos, Salvador-BA) Nem uma coisa, nem outra, Tânia querida. Ao invés … Continuar lendo

Publicado em dr. dalmo responde | 1 Comentário

As piores invenções da humanidade: axé

Axé Existem males. Existem pragas. E existe o axé. Contrariando o senso comum existente no universo, o ritmo musical denominado “axé” não possui raízes soteropolitanas. Ele originou-se na África, mas não do jeito que a maioria das pessoas imagina. O … Continuar lendo

Publicado em piores invenções da humanidade | Deixe um comentário

Perguntas que um dia você irá fazer em um instante nada sublime da vida II

“Sentido Jabaquara ou Tucuruvi?”  “Esse é o pequeno?? Não tem um que vem com menos pipoca?”  “Você por acaso teria mais 3 ou 4 lencinhos umedecidos?”  “Mas que catzo eu faria com essas balinhas de troco?”  “Qual deles era o … Continuar lendo

Publicado em perguntas de um instante nada sublime | Deixe um comentário

Síndrome da escada após a queda: trincheira

E você? Acha que deve atirar se o inimigo vier armado? Responda nos comentários.

Publicado em síndrome da escada após a queda | 2 Comentários

Interlude: férias

Calma, a Odaires não faliu (ainda). Ela encontra-se apenas de férias coletivas. Em breve: 10 frases que você vai ouvir ainda hoje no trajeto rodoviário de SP-RJ. Bebam água e passem protetor.

Publicado em textos cretinos | 2 Comentários