Síndrome da escada – relatos verídicos

Inaugurando a série da Síndrome da Escada, na versão de nossos leitores, veja o que aconteceu com o Fernando, de Jaguariúna:

Estava eu ontem à noite, na fila da padaria em Jaguariúna, carregando, tudo junto: uma ficha de consumo número 77; um sorvete do tipo picolé; e um cartão Visa Vale Refeição.

Quanto chegou minha vez, o caixa prontamente perguntou:

“Vai pagar com esse cartão?”

Infelizmente não houve opção à resposta “sim”, mas logo em seguida pensei nas seguintes hipóteses:

1) “Não. Pensei que essa era a fila do pronto soccoro, estou com a senha número 77.”
2) “Não. Vou esperar o sorvete derreter e assim ver se pagarei menos, com moedas.”
3) “Não. Esse é um cartão telefônico, vou ligar agora para meu banco fazer um depósito na conta da padaria.”

E você? O que responderia? Tem algum caso similar? Mande para cá através dos comentários ou por e-mail: monseca@gmail.com

Anúncios
Esse post foi publicado em síndrome da escada após a queda. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Síndrome da escada – relatos verídicos

  1. Amanda Raise disse:

    Não. É só pra vc saber que tenho um Visa Vale, tá?!

  2. Mirella disse:

    Claro que não, este é meu passe para o terreiro de umbanda. Só por curiosidade, aceita bode preto como troca?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s