As piores invenções da humanidade: moletom

Calças e blusas de moletom

Nem a pior das chagas pode ser comparada ao mal que Pierre Moletom deixou de legado à humanidade. Fome e miséria, até aceitamos de bom grado, mas a criação do maior símbolo têxtil da ociosidade ocidental, aí já é demais!

 

Moletom, tirando uma pestaninha

 

A vida sempre fora fácil para Pierre Moletom. Esse francês nascido em Toulouse era aquele sujeito dito vagabundo. Odiava qualquer espécie de fadiga e vivia às custas de favores de amigos e pequenos (e leves) bicos. Sua vagabundagem era tanta que ele sentia preguiça, inclusive, de trocar o pijama por roupas normais e sair à procura de trabalho pelas ruas da cidade.

Foi por isso que ele criou vestimentas molinhas, confortáveis e com cheirinho de lavanda, que pudessem ser utilizadas 24 horas por dia, fizesse sol ou chuva. Se, além disso, elas não demandassem lavagens frequentes e fossem resistentes a intempéries ou eventuais porpetas com molho de tomate durante as refeições, então, o mundo estaria completo, segundo a ótica de Moletom.

Não demorou muito até que o moletom caísse no gosto popular, sobretudo a estudantes ginasiais e adultos de meia-idade assistindo à Sessão da Tarde na TV em plena segunda-feira. Uns, orgulham-se. Outros, revoltam-se. Um elogiável campeão de vendas nas lojas de departamentos? Ou simplesmente um execrável brado contra a ordem laborial vigente?

O fato é que, hoje, é impossível ficar indiferente à invenção daquele francês vagabundo.


Anúncios
Esse post foi publicado em piores invenções da humanidade. Bookmark o link permanente.

8 respostas para As piores invenções da humanidade: moletom

  1. Natalia disse:

    Eu gosto de moletom, também.
    Ou esta coluna é uma furada ou eu sou muito esquisita!

  2. flambinho disse:

    O Pierre tinha até cara de moletom, hehehe.

  3. Mirella disse:

    Eu gosto de moleton, oras. É fofinho e quentinho e eu juro que não sou retardada.

  4. Fernando disse:

    O problema do tomate foi recentemente solucionado pelas malhas dry fit do americano Anthony John Sweatshirtman, de Texas, Ohio.

  5. Amanda disse:

    Poxa, eu adoro moletom! Tãooo ‘gotosinho’ de vestir, ainda mais em dias de frios bizonhos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s